Nuestro Pacto


Rob candids — April 21, 2011 | Los Angeles

Como posso esquecer de toda a dor que senti durante todos os anos de minha vida? chorando escondida quando todos já estavam dormindo e sorrindo quando já era de dia. sofrendo em silencio e marcando aos poucos meu corpo com cada dor que passava, e eu continuava viva. algo sempre me trazia para a realidade outra vez e dizia ”eii, ainda não acabou”.

seu choro é meu choro, sua dor é minha dor e por todas as coisas mais sagradas do mundos sua felicidade é minha felicidade. talvez ninguém entenda como alguém pode amar tanto alguém que não conhece.

nunca te mereci Peter, nunca quis te conhecer, não te procurei e sei que nunca irei lhe encontrar, mas meu coração ainda te espera e meu corpo ainda te necessita. não sou mais criança, mas também não quero crescer, não posso te perder e não quero te perder. 

minhas noites de insonia foram por ti e minha pele cortada forma o teu nome, não tu não é o culpado de tanta dor, tu és a razão para que os cortes parem de sangrar. e como poderia te agradecer? nao posso. por isso choro e tento me manter viva alimentando tal ilusão.

- NuestroPacto

arkarti:

Adapt, Evolve, Become

lalidulce:

Con sus pies al suelo y su frente a dios
© theme